Os Guerreiros de Xi’an – China

4 de julho de 2016 por Keylla Victor
Guerreiros de Terracota na Cidade de Xi'An, absolutamente impressionantes!

Poucos lugares neste mundo me emocionaram como Xi’an na China, não me refiro a cidade de Xi’an em sí, que apesar de ser uma cidade bem bonita e antiga nada se compara aos Guerreiros de Terracota.

Mapa com a Localicação da cidade de Xi'AN
Localização de Xi’AN no mapa.

Xian é uma cidade da China, capital da província de Shaanxi na República Popular da China. Situa-se no vale do Rio Wei. Foi a capital da China ao longo de várias dinastias: Chin (255 a 206 a.C.), Han (202 a.C. a 25 d.C.) e Tang (618 a 907).

Foto Panoramica de Xi'An
Panorama de Xi’An

Xi’an é o limite oriental da Rota da Seda e é conhecida como o lugar do Exército de Terracota, construídos durante a dinastia Qin, que autoproclamou-se o Primeiro Imperador da China da Dinastia Quin, Qin Shi Huang, em 210-209 a.C.   A cidade tem mais de 3100 anos de história e era conhecida como Chang’an até a Dinastia Ming.

Xi’An conta ainda com uma muralha que protegia a cidade, a muralha foi construída durante o início da Dinastia Ming.

 

Entrada para Muralha de Xi'An
Entrada para Muralha de Xi’An

A intenção do Imperador Qin era de reconstruir seu império para depois de sua morte, para isso mais de 700.000 escravos chineses foram levados para realização do projeto que teve início em 246 A.C. e levou 36 anos para ser concluído.

A descoberta dos Guerreiros de Xi’An se deu de forma acidental. Numa grande seca que aconteceu no ano de 1974, portanto a muito pouco tempo atrás, alguns camponeses, tentando cavar um poço para encontrar água para irrigação, encontraram algumas cabeças e parte dos corpos de alguns Guerreiros.

Desde a década de 1990, como parte da ressurreição da economia no interior da China, a cidade de Xi’An re-emergiu como potência cultural, industrial e educacional na região centro-noroeste, com vários recursos voltados para a área de pesquisa.

A organização, limpeza e estrutura do local já me impressionaram logo de cara.

Entrada para os PITs de escavação. Tudo limpo, lindo e muito organizado.
Entrada para os PITs de escavação. Tudo limpo, lindo e muito organizado.

DSC02664

As escavações, que continuam até hoje,  contam com a parceria da iniciativa privada Alemã e os pesquisadores esperam encontrar muitas outras partes do Mausoleu Quin pelos arredores da enorme propriedade, fala-se em um castelo que já teria sido encontrado pelos arqueólogos mas que ainda não está aberto para visitação.

Restauração de Guerreiros de Terracota
Cada Guerreiro encontrado é cuidadosamente restaurado.
As escavações continuam até os dias de hoje.
As escavações continuam até os dias de hoje.

São diversos PITs de escavação, todos muito grandes

 PIT 1 é o maior deles com 11 fileiras de soldados de Infantaria em formação de batalha. Os soldados eram originalmente pintados em cores vibrantes mas a tinta em contato com o oxigênio não permanece.

Enorme Pit de escavação com milhares de soldados de terracota
PIT de escavação. 11 Fileriras de soldados de Infantaria em formação de batalha.
DSC02634
1000 Soldados, nenhum é igual ao outro!

Nenhum soldado é igual ao outro pois o Exercito de Terracota foi feito a mão e criado a semelhança de seu vasto império, e estas diversidades étnicas são refletidas em diferentes estaturas, estilos de cabelos,  expressões e características faciais.

Cada Guerreiro é ÚNICO!

Não existem 2 iguais!
Não existem 2 iguais!

A riqueza de detalhes é de fato impressionante nas vestimentas de cada um deles que têm por exemplo, diferentes calçados, de acordo com a função que desempenhava e sua arma. Os arqueiros usavam sapatos anti-derrapantes para que eles não escorregasse. Os uniformes também carregam a patente e a Arma de cada um dos soldados. A estatura média dos soldados é de 1,80m, oficiais superiores são mais altos.

No PIT2 os soldados estão menos intactos do que no PIT1, mas as estátuas mostram maior  diversidade de posturas. Olhe ao redor nas vitrines, vale ver o general de 2 metros de altura.

Oficial na Vitrine do PIT 2
Oficial na Vitrine do PIT 2

DSC02615

DSC02652
Atenção para os cavalos

DSC02650

O PIT3 é bem menor que os outro 2 mais abriga o quartel general, com 68 oficiais superiores.

Terracota1 PIT3

Oficiais Superiores no PIT3
Oficiais Superiores no PIT3. Não tem como não se impressionar.

Chegamos até Xi’An partindo de Beijing (capital da China) de avião. http://www.dragonair.com . Uma das muitas Low Cost chinesas.

Contratei um Tour partindo de Beijing pela empresa http://www.cits.net. 
Não foi muito barato, mas em cada cidade que desembarcavamos tínhamos um guia que falava Inglês e um carro com motorista já nos esperando no aeroporto, que ficava a nossa disposição. Fazíamos os tours previamente contratados, tudo na companhia do Guia e depois tínhamos o dia livre para explorarmos o local. Os hotéis com café da manhã e almoço em algum restaurante  durante o passeio também estavam incluídos no pacote. Foram todos hotéis de primeira linha, quando fechei o pacote tinha opções de hospedagem mais em conta mas achei que a diferença de preço não valia tanto a pena, pois estávamos em Janeiro, inverno rigoroso e portanto, baixa temporada na China.

Para ir da cidade até lá de taxi ida e volta deve ficar em torno de ¥300,00.

Valor da entrada no complexo ¥ 90,00 de Março a Novembro – ¥65,00 de Dezembro a Fevereiro.

Se você não está com o seu guia, no portão de entrada poderá contratar um por ¥100,00 ou  até um áudio guia, você aluga um I pod e um fone  e pode ouvir as explicações enquanto anda por ¥ 40,00.

 

DICA EXTRA

A muralha de Xi’An vale a visita por trata-se da muralha mais antiga da China e pelo excelente estado de conservação.

O portão Sul é o melhor ponto para exploração da muralha, que pode ser feira a pé ou de bicicleta, para circundar os 14km leva-se em torno de 3 horas. No dia que fomos estava bem frio, andar 14km não foi nem um ponto para discussão.

A entrada custa ¥20,00.

Vista da muralha.
Vista da muralha de Xi’An
Portão de entrada para a muralha
Portão de Entrada para a Muralha.

 

Comentários

comentários